PALAVRA DA PRESIDENTE:




Amigos Procuradores

Este é um momento de extrema união entre todos nós, legítimos representantes dos interesses deste Estado, pois, infelizmente ainda vivemos a mercê da expectativa de dias melhores, de uma melhor estrutura na Procuradoria Geral do Estado (PGE), de uma remuneração digna e do respeito a uma carreira extremamente importante para a boa gestão pública.

Apesar da nossa tentativa insistente de estabelecer o diálogo austero e respeitoso com o Chefe do Poder Executivo e com o Procurador-Geral do Estado, quase sempre encontramos barreiras que parecem intransponíveis.

Mas, a desistência não é, e nunca será uma marca da nossa atuação à frente da Aspas. Apesar das dificuldades encontradas, essa não é a hora de esmorecer; não é o momento de deixar de lutar por melhores condições de trabalho ou de desistir de tentar uma remuneração justa para todos nós, servidores de carreira; e não vamos deixar de cobrar sempre uma estrutura mínima para a boa execução das nossas atividades.

A Aspas continuará a luta incessante em busca do bom diálogo, do respeito e da valorização dos procuradores paraibanos, sem distinção, sejam eles ativos ou os inativos que tantos bons serviços prestaram a este Estado.

A Aspas também se orgulha de estar junto da Anape no apoio e na luta diária pela aprovação das Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 82/2007 e 443/2009, em tramitação na Câmara dos Deputados. Essas importantes medidas irão beneficiar diretamente a todos nós, Procuradores do Estado, assegurando a tão sonhada autonomia da nossa categoria e o fortalecimento da gestão, além da simetria remuneratória entre as funções essenciais à Justiça.

A hora é essa meus amigos! Somente com a união de forças é que conseguiremos avançar e conquistar os objetivos da nossa carreira.

Vamos colegas, juntos somos mais fortes!

Sanny Japiassú
Presidente da Aspas.