ASPAS reúne associados em Festa de Confraternização e celebra as conquistas de 2017 ASPAS - Associação dos Procuradores do Estado da Paraíba.

ASPAS reúne associados em Festa de Confraternização e celebra as conquistas de 2017

15/12/2017 às 17:36

ASPAS reúne associados em Festa de Confraternização e celebra as conquistas de 2017

Uma verdadeira noite de reencontro e alegria. Assim ocorreu a tradicional festa de confraternização anual promovida pela Associação dos Procuradores do Estado da Paraíba (ASPAS), em uma churrascaria da Orla de João Pessoa, na noite desta quarta-feira (13). O evento reuniu dezenas de associados, entre membros da carreira da ativa e aposentados.

Presente ao evento, o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, enalteceu a importância reunião. Ele aproveitou para agradecer o empenho dos procuradores do Estado ao longo do ano frente ao assessoramento jurídico do Poder Executivo. “Os procuradores têm uma participação importantíssima dentro do fortalecimento da estrutura democrática do Estado, tanto os da ativa quanto os aposentados que já deram a sua contribuição. Eu tenho a consciência do papel do procurador do Estado em seu mister, ele é muito importante para o fortalecimento e controle da legislação, para verificar a lei correta, para a probidade, enfim”, comentou.

Gilberto Carneiro ainda parabenizou a diretoria da ASPAS pela postura diante do Governo do Estado. Segundo ele, a decisão pelo diálogo favorece os próprios procuradores. “Com a posse de Flávio (Lacerda, presidente) e Renovatto (Ferreira, vice-presidente), dois jovens com a mente aberta para o diálogo, acredito que a gente consiga avançar em alguns aspectos importantes para o fortalecimento da carreira”, concluiu.

O procurador-geral adjunto do Estado, Paulo Márcio, destacou o espírito de união que encontrou entre os colegas durante a festa de confraternização. “A Associação acertou quando decidiu reunir todo o grupo, promovendo o retorno do companheirismo e união entre ativos e inativos. Esta festa referendou os ideais defendidos pela gestão da ASPAS, que é o de caminharmos sempre juntos”, disse.

O presidente da ASPAS, Flávio Lacerda, destacou que a diretoria teve o objetivo este ano de unir toda a carreira para fortalecer os laços de amizade e companheirismo. “Esta foi a primeira confraternização de final de ano organizada pela atual composição da diretoria, portanto, tivemos o cuidado de promover uma festa mais íntima. Com esse propósito convidamos apenas os procuradores e seus respectivos acompanhantes, os ex-procuradores-gerais do Estado e o atual procurador-geral do Estado, com o intuito de proporcionar um momento só nosso, unindo, ainda mais, os colegas e favorecendo o fortalecimento da nossa carreira”, pontuou.

O discurso foi compartilhado pelo vice-presidente da ASPAS, Renovatto Ferreira. “A confraternização foi reflexo do espírito e atitude que imperam na Aspas: uma associação para todos os procuradores, ativos e inativos, promovendo um espaço descontraído de reunião entre os colegas”, disse.

Associados aprovam o formato da festa

Vários associados aprovaram o modelo da festa de confraternização deste ano. Um deles foi o procurador aposentado Aldson Viana Salgado, que destacou a iniciativa da ASPAS de reunir os membros da carreira de forma frequente, a exemplo das comemorações mensais dos aniversariantes e da própria festa de confraternização anual. “A diretoria da ASPAS está de parabéns pela organização da festa. É sempre bom reencontrar os grandes e velhos amigos de PGE, portanto, eventos como esse tem que acontecer não apenas no final do ano, mas frequentemente como tem sido realizado”, comentou.

O procurador Carlos Arthur Pereira elogiou o ambiente escolhido para a realização da festa. Segundo ele, há alguns anos o local serviu de ponto de partida para a implantação de uma “gestão diferenciada” na ASPAS, culminando nas duas eleições da ex-presidente Sanny Japiassú e a do atual gestor, Flávio Lacerda.

Carlos Arthur ainda parabenizou a diretoria pelo formato da festa de confraternização desse ano. “Foi uma noite muito agradável, o clima esteve amistoso da melhor maneira possível, privilegiando apenas os procuradores do Estado como tem que ser, para que a gente possa relaxar, brincar, contando histórias que vivemos ao longo dos anos. Estou satisfeito e feliz e com as melhores perspectivas para 2018”, disse.

Na avaliação do procurador Roberto Mizuki, a diretoria da ASPAS vive um novo momento e tem acertado em seus atos. “Feliz em saber que também já dei a minha contribuição à ASPAS, quando fiz parte da diretoria anterior. Acredito que o novo presidente Flávio Lacerda, um grande amigo que tenho, fará uma grande gestão à frente de nossa associação. As perspectivas para 2018 são as melhores”, frisou.


Clique aqui e confira as imagens da Confraternização.

 

--
Assessoria de Imprensa - ASPAS